negociosemfoco.com

negociosemfoco.com | Como agregar valor ao restaurante gourmet e fazê-lo se destacar da concorrência?

Como agregar valor ao restaurante gourmet e fazê-lo se destacar da concorrência?

Como agregar valor ao restaurante gourmet e fazê-lo se destacar da concorrência?

Restaurante Gourmet | Imagem de Bishwas Bajracharya por Pixabay

A “gourmetização” dos restaurantes é uma maneira de os estabelecimentos conseguirem destaque no meio da feroz concorrência

Entrar no ramo de alimentos hoje em dia não é uma tarefa fácil. A concorrência feroz, graças aos aplicativos de entrega, fez com que o público ficasse mais exigente e seletivo. Por conta disso, uma das saídas encontradas por muitos estabelecimentos foi transformá-los em restaurantes gourmet, mas será que é fácil assim?

Para ilustrar melhor o desafio, segundo o head de dados do iFood, Pedro Henrique Teixeira, o aplicativo registrou mais de 70 milhões de pedidos por mês em 2023. Ele ainda traz que a empresa está presente em 1.700 cidades, com 300 mil restaurantes e 60 mil mercados cadastrados em seu banco de dados. Esse é o nível da concorrência somente no aplicativo sem considerar os estabelecimentos físicos não cadastrados nele.

A pergunta sobre gourmetização de restaurantes segue essa lógica: seu estabelecimento não vai ser o primeiro a fazer esse movimento. Mas, em compensação, muitos outros fazem esse procedimento da maneira errada e acabam por fechar as portas por conta disso.

Mas, afinal, o que é um restaurante gourmet?

Para um restaurante tornar-se gourmet, é preciso que ele prepare e sirva uma comida mais elaborada, com ingredientes de alta qualidade e destinada a consumidores que estejam dispostos a pagar mais por uma refeição, seja pela qualidade ou pelo prestígio. Porém, isso não impede de direcionar a marca a um público diferente do que a concorrência está geralmente acostumada.

Como agregar valor ao seu restaurante gourmet?

Para que o restaurante gourmet destaque-se frente à concorrência, é preciso conhecer bem o negócio. Para isso, é necessário ter bem esclarecido em mente quais são os objetivos com a empresa, os pontos fortes e fracos, qual é o diferencial dela e como explorar, as possibilidades de melhoria, quem é o público e qual o nível de engajamento dele.

É importante ressaltar que muitos empreendedores erram ao subestimar a experiência do cliente e, por conta disso, acabam não conseguindo se destacar e agregar valor ao negócio. Com o aumento das opções de restaurantes, os clientes têm optado por estabelecimentos que não ofereçam somente a comida, mas também um ambiente que propicie uma experiência em torno do momento.

Nesse sentido, nem sempre é necessário um investimento colossal para poder oferecer isso para os seus clientes, basta ter um pouco de criatividade. Por exemplo, mudanças na identidade visual, recepção de clientes e cardápio já garantem uma vantagem competitiva interessante. 

Por isso, alguns pontos que merecem atenção na hora de gourmetizar seu restaurante são:

  • Estacionamento prático e aconchegante
  • Proposta temática
  • Ambientação agradável
  • Atendimento personalizado e ágil
  • Cardápio variado 
  • Preocupação com a experiência gastronômica do cliente

Estacionamento

O estacionamento é o primeiro contato de um cliente com o seu restaurante. Por conta disso, utilize medidas apropriadas para demarcar as vagas e avalie colocar uma cobertura nos carros para evitar sujá-los. Se for o caso, contratar até mesmo um manobrista para encontrar vagas, o que facilita a vida de quem vai frequentar o estabelecimento.

Proposta temática

Restaurantes temáticos são excelentes para agregar valor ao produto sem precisar de investimentos colossais (o que vai depender da proposta). Para isso, a decoração pode ajudar a atingir esse objetivo.

Utilize elementos que pertençam à temática, mas de maneira que o cliente consiga se sentir à vontade no ambiente. Tente conciliar bem a decoração, pois se corre o risco de ela se tornar brega e totalmente inapropriada.

Ambientação

Quando bem feita, a decoração proporciona uma boa ambientação para os clientes. A iluminação ajuda nesse aspecto, mas também pode prejudicar, portanto, tome cuidado ao usá-la. As mobílias também devem estar de acordo com a proposta, por isso, vale uma atenção especial nessa parte, essencial na construção dessa atmosfera.

Atendimento

Não adianta todo esse esforço sem uma equipe bem selecionada e treinada para recepcionar os clientes. Procure pessoas comunicativas e educadas nos processos seletivos, além de treiná-las adequadamente. Dessa forma, é possível ter um bom ambiente não somente para o cliente, mas também para os colaboradores.

Feedback

A melhor forma de conseguir melhorar seus processos é através da opinião do cliente. Procure inserir ferramentas de feedback para os clientes avaliarem pontos essenciais do restaurante.

Dessa forma, é possível promover ações de melhoria para tornar a experiência dos clientes ainda melhor, e até mesmo fidelizá-los, já que eles se sentirão ouvidos. Lembre-se de não forçar isso, mas deixar como uma espécie de “sugestão”.

Mas e a comida?

Não pense que esquecemos do detalhe principal. Um restaurante gourmet tem como principal detalhe seus pratos, portanto é essencial prestar atenção em alguns detalhes que podem ser cruciais para as técnicas de venda.

Produção artesanal ou limitada?

A experiência de comer um alimento com qualidade superior, e muitas vezes único, faz com que o cliente volte novamente ao restaurante. Por conta disso, saber como será o formato da produção é essencial para definir o seu cardápio, e até mesmo como o seu estabelecimento será divulgado para o grande público.

Materiais diferenciados

Outra coisa que define também esse tipo de restaurante é a utilização de materiais fora do padrão comum, nem que seja por uma questão de qualidade superior. Isso ajuda na divulgação do seu restaurante como algo que proporcionará uma experiência única para quem for experimentar suas iguarias.

Fornecimento

Para conseguir fornecer esses materiais de qualidade, um restaurante gourmet precisa de fornecedores confiáveis e competentes. Para isso, vai ser necessário pagar um pouco mais por ingredientes e materiais melhores, sempre prestando bastante atenção nos padrões de entrega.

Métodos de preparo

Muitas vezes, um prato simples pode ser feito de maneiras completamente diferentes, o que gera curiosidade em potenciais clientes. Mas, para conseguir entregar esse tipo de prato, é preciso coordenar a cozinha muito bem e ainda ter materiais excelentes para que tudo seja feito com o máximo de qualidade possível.

Por conta disso, é essencial saber como montar uma cozinha industrial para que, dessa forma, seja possível atender aos clientes de forma rápida, mas sem comprometer a qualidade.

Conservação

Não quer dizer que ao comprar uma determinada quantidade de ingredientes que ela será usada imediatamente. Nesse caso, é necessário encontrar ambientes adequados para cada material, a fim de conservar o máximo possível suas propriedades.

Agora, com todas essas dicas, é só colocar em prática e ver a mágica acontecer. Investindo no negócio e buscando sempre evoluir, certamente o restaurante gourmet conquistará o valor que almeja e reservará um espaço exclusivo na mente dos clientes.

Por: Conversion

Categorias

Artigo popular

  • All Post
  • 10 MELHORES ARTIGOS
  • Economia
  • Franquias
  • Gestão
  • Marketing
  • Negócios
  • Notícias
  • Others
  • Seguros
  • Startups
  • Tecnologia
  • Turismo
    •   Back
    • Empreendedorismo
    • Abrir uma empresa
    • Plano de negócios
    • Contabilidade/Finanças
    •   Back
    • Alguns releases que receber
    • notícias empresariais
    •   Back
    • Financiamentos
    • Empréstimos
    • Cripto
    •   Back
    • Ideias de Negócios
    • Negócios online/Ganhar dinheiro na internet
    • Franquias
    • MEI
    • Pequenas Empresas
    • Dicas