negociosemfoco.com

negociosemfoco.com | 7 erros de branding que as startups cometem

7 erros de branding que as startups cometem

7 erros de branding que as startups cometem

Erros de branding | Imagem de Eva Bronzini / Pexels

Com um papel importante em um negócio, é preciso tomar cuidado para não cometer alguns erros de branding. Para te auxiliar, listaremos os principais erros cometidos pelas startups.

Independentemente do tamanho da empresa, muitos empreendedores têm dificuldade com alguns detalhes, acabam cometendo erros de branding, por exemplo. Porém, dependendo do problema pode comprometer o negócio. Por esta razão, listaremos algumas dicas para que este problema não aconteça mais.

Só que quando estamos falando de problemas com as estratégias de uma marca, o risco de não ter a mesma conexão com o cliente pode atrapalhar os andamentos dos negócios. A consequência deste ato pode ser uma grande diminuição nas vendas e, para “resolver” o problema, optam por aplicar grandes descontos com o intuito de atrair consumidores para o seu negócio.

Cada dia que passa o número de startups cresce muito no Brasil, além de trazer mais possibilidades de emprego, estas empresas são grandes potenciais de crescimento econômico. Mas, no começo do negócio online, alguns empreendedores acabam cometendo alguns erros de branding.

Conheça quais são os erros de branding que as startups cometem

Quando paramos para fazer a análise se estamos cometendo erros de branding que as startups cometem, principalmente, dos nossos concorrentes, conseguimos traçar quais serão os caminhos ideias para o seu negócio.

Para que você não cometa os mesmos erros de branding, vamos listar alguns neste artigo. Desta forma, o empreendedor digital conseguirá dar os passos corretos na sua empresa.

1. Não entender o significado de branding

Algumas empresas não entendem qual é o significado do branding e, por isso, acabam cometendo alguns erros. Quando vamos fazer a construção de uma marca, é essencial saber o que quer dizer branding e qual é a diferença dele ao olharmos para a publicidade e marketing.

A primeira coisa que devemos entender é que branding é um processo. Isso mesmo! Não é uma coisa que ficará 100% pronto do dia para noite, porque necessita de dedicação de tempo para ter o conhecimento completo sobre o conceito do negócio.

Então, para que a definição fique completa, branding é a análise, desenvolvimento e ativação de uma marca.

2. Ter o foco errado de público

Toda marca precisa ter uma definição de quem é o público que consome o seu produto. Se você pensar que todas as pessoas podem ser clientes do seu negócio, este pensamento está errado. E é aí que acontece mais um dos erros de branding que as startups cometem.

A empresa que dá o foco ao público errado ou não tem foco, tem um resultado de engajamento quase zero. Afinal de contas, quando não focamos o esforço, temos que produzir peças publicitárias genéricas.

As marcas que tentam falar com todo mundo, acabam não falando com ninguém. Por isso, tenha foco e conquiste a confiança dos seus usuários.

3. A sua marca não ter diferencial

A internet tem milhares de acessos todos os dias e estas pessoas, que ficam horas conectadas, são impactadas por diversos anúncios. Para que você ganhe destaque, precisa ter um diferencial, além, claro, de ter uma aparência ideal. A principal intenção deve ser as pessoas lembrarem da sua marca.

Caso o seu produto seja vendido também por outras plataformas, os clientes escolherão as opções mais baratas. Se você não tiver um diferencial, pode se perder e não ter a conversão desejada para o seu negócio online.

4. Iniciar o negócio sem ter a estratégia definida

A única forma de praticar branding não é apenas tendo o conhecimento dos valores e da visão da empresa. É necessário ter um olhar sobre o andamento do mercado e da área de atuação da empresa. Isso quer dizer que ter um conhecimento completo da sua marca é essencial para você ser competitivo.

Portanto, tenha uma preocupação de como será a estética da sua empresa, começando a pensar de uma forma estratégica. Uma marca que não tem os seus objetivos de forma clara, dificilmente dará certo.

5. Copiar estratégias dos concorrentes

O desenvolvimento de uma marca partindo do zero, claro, que olhará os seus concorrentes para entender como eles trabalham, concorda? Porém, você pode e é importante ficar de olho, mas não deve copiar nada do mesmo jeito que as outras marcas estão fazendo.

Além disso, não tem como garantir que, se você copiar, vai ter o mesmo resultado que a outra empresa está tendo com as estratégias aplicadas. O ponto principal é ser diferente, pois é aí que você conquistará o seu cliente.

6. Deixar de ouvir a opinião do cliente

O cliente é uma das principais fontes de opinião para um empreendedor digital. Afinal de contas, nada melhor que entender como é a experiência das pessoas que consomem na sua plataforma.

Por isso, tenha um canal de atendimento à disposição e, ao ver a opinião do cliente, avalie se é possível executar a sugestão.

Às vezes, os empreendedores ficam apenas focados no sucesso do negócio que acabam não olhando para o “lado”.

7. Não ter consistência no negócio

Consistência é um dos pontos mais importantes para o sucesso de uma marca. Por isso, é essencial que a marca tenha padrão, principalmente, na forma de fazer marketing e nas estratégias que serão executadas.

Desta forma, os consumidores conseguirão se identificar com a sua empresa por mais tempo. Só tome cuidado quando for mudar a rota porque os clientes podem “perder” esta identificação. Portanto, ao fazer uma mudança, é preciso estudar o comportamento dos clientes.

Categorias

Artigo popular

  • All Post
  • 10 MELHORES ARTIGOS
  • Economia
  • Franquias
  • Gestão
  • Marketing
  • Negócios
  • Notícias
  • Others
  • Seguros
  • Startups
  • Tecnologia
  • Turismo
    •   Back
    • Empreendedorismo
    • Abrir uma empresa
    • Plano de negócios
    • Contabilidade/Finanças
    •   Back
    • Alguns releases que receber
    • notícias empresariais
    •   Back
    • Financiamentos
    • Empréstimos
    • Cripto
    •   Back
    • Ideias de Negócios
    • Negócios online/Ganhar dinheiro na internet
    • Franquias
    • MEI
    • Pequenas Empresas
    • Dicas