negociosemfoco.com

negociosemfoco.com | 10 passos para fazer um plano de negócios para sua empresa

10 passos para fazer um plano de negócios para sua empresa

10 passos para fazer um plano de negócios para sua empresa

Plano de negócios | Imagem de RODNAE Productions / Pexels

O plano de negócio é fundamental para orientar a empresa quanto aos seus objetivos, etapas a serem cumpridas, riscos e ameaças.

O planejamento é tudo para quem vai começar um empreendimento. E, ainda que cada empreendedor ou empreendedora tenha seu jeito de agir, precisa de direcionamento para organizar a situação e estratégias da empresa. Aí, entra o plano de negócios, cujos passos para elaborá-lo você conhecerá agora.

Basicamente, o plano de negócios é o documento que elenca a organização da empresa, clientes em potencial e possíveis fornecedores. Ainda, missão, valores e estratégias para alcançar os objetivos.

Em outras palavras, é o plano de negócios que define a empresa do ponto de vista mercadológico, operacional, financeiro e estratégico. Ou seja, sem esse mapa, fica mais difícil prosseguir pelo caminho que leva a empresa ao sucesso. Logo, vale conferir o passo a passo para fazer um bom plano de negócios para sua empresa.

10 passos para fazer um plano de negócios para sua empresa

Inicialmente, é preciso ressaltar que o plano de negócio não deve ser baseado em intuições, especulações e ideias sem fundamento. Pelo contrário, é escrito com base em análise de mercado e pesquisas com aporte em dados reais.

1. Defina o negócio

O primeiro passo para elaborar o plano de negócios para sua empresa é, sem dúvidas, definir o tipo de negócio que ela será. Em outras palavras, qual será o ramo de atividade, onde funcionará, quais produtos serão comercializados ou serviços oferecidos.

Aproveite para pontuar os diferenciais do seu empreendimento, o que embasará as estratégias de atração dos clientes.

Veja aqui uma lista com os melhores negócios on-line para abrir em 2023!

2. Faça uma análise de mercado

Em seguida, faça uma boa análise de mercado, inclusive para entender quais são seus clientes e como eles se comportam. Ou seja, a persona e sua jornada rumo à decisão de compra. Neste ponto, vale partir para a segmentação do nicho, respondendo a perguntas como:

  • Meu público é constituído de pessoas físicas ou empresas?
  • Para pessoas físicas, qual idade, gênero, estado civil e localização geográfica?
  • Onde costumam comprar produtos e serviços similares?
  • Por que compram esse produto ou serviço (necessidades)?

Com tais informações, fica mais fácil compreender os principais aspectos de mercado e como vai atuar nele.

3. Liste seus concorrentes

O próximo passo para fazer um plano de negócios para sua empresa é elencar os seus concorrentes. Além disso, analise como atuam, pontos fortes e fracos que possam influenciar o seu negócio. Algumas das características interessantes a observar são:

  • Qualidade do que ofertam enquanto produto ou serviço;
  • Atendimento;
  • Preço final;
  • Condições de pagamento;
  • Horários de funcionamento;
  • Formas de entrega;
  • Diferenciais – seus e deles.

Compare tais dados coletados para verificar o que pode ou não ser aplicado na sua empresa.

4. Hora de elencar seus fornecedores em potencial

Bom, listou atividade, clientes e concorrentes? Agora, é o momento de analisar quais serão seus prováveis fornecedores. Afinal, é deles que virá matéria prima ou produtos a serem comercializados, bem como o suporte para a prestação de serviços.

Logo, devem ser confiáveis, atender às suas expectativas de qualidade e entrega, enfim, fatores que não interfiram no seu trabalho. Busque pela internet, sindicatos, indicações de outros empreendedores e empreendedoras, inclusive com referências.

E sempre tenha mais de um fornecedor para cada segmento que precise, a fim de ter opções em momentos de urgência.

5. Elabore o plano de marketing

O próximo passo para desenvolver o plano de negócios para sua empresa é o plano de marketing. Nele, além dos produtos e serviços, você descreve as especificações gerais e as estratégias de venda.

Mas, veja bem, aqui, a descrição é minuciosa, incluindo o que é, como o seu produto está adequado à realidade da clientela e os diferenciais da concorrência. Também, como o plano de distribuição da empresa, sistemas de entrega e até o comportamento do seu cliente.

Com todas essas informações, fica mais fácil pensar na estratégia de vendas e impulsionamento.

10 passos para fazer um plano de negócios para sua empresa
Imagem de StartupStockPhotos por Pixabay

6. Desenvolva o plano operacional

Chegou até aqui, então é o momento de descrever como sua empresa vai funcionar no dia a dia. Ou seja, pegar tudo isso que listou nos tópicos acima e elencar como será aplicado na prática. Neste sentido, é importante guiar-se por algumas perguntas básicas, a saber:

  • Qual meu potencial de vendas em determinado período?
  • Quanto tempo preciso para que o meu serviço seja realizado? Ou colocar meu produto à venda?
  • Qual é a minha capacidade de estoque e distribuição?
  • Como está a qualificação da minha mão de obra?
  • Quais cargos serão ocupados pela minha equipe?
  • Se a minha loja é física, como é o espaço?
  • Qual a produtividade dos equipamentos e materiais?
  • Qual o prazo de entrega apontado pelo meu fornecedor?

Enfim, desenhar, literalmente, o fluxo de funcionamento da sua empresa, considerando todos os pontos (funcionários, espaço físico, fornecedores). Tais dados evitam que você prometa mais do que possa cumprir e, assim, perder clientes futuramente.

7. Coloque o plano financeiro

Chegou a hora de falar no que ninguém gosta muito: dinheiro! O plano financeiro reúne o que envolve gastos, investimento e capital de giro. Para isso, liste tudo o que está envolvido em cada passo do seu negócio, por exemplo:

  • Matéria-prima;
  • Equipamentos;
  • Fornecedores;
  • Salários;
  • Marketing;
  • Site (domínio e hospedagem);
  • Despesas com aluguel.

Para facilitar o entendimento e análise de cada um, é bom dividi-los entre investimentos fixos (o que você precisa para seu negócio funcionar), capital de giro e investimentos pré-operacionais (gastos antes do negócio funcionar).

Os números permitem que você visualize o investimento e custo reais do seu negócio. Caso precise de ajuda, é fundamental receber orientações do profissional especializado, como contadores e analistas financeiros.

8. Analise cenários e estratégias

Neste ponto do seu plano de negócios, simule possíveis cenários de atuação, inclusive crises e como enfrentá-los. Assim, você se prepara para enfrentar situações adversas, bem como descreve estratégias de ação.

9. Avalie seu plano de negócios

Chegando quase ao fim, avalie o plano de negócio desenvolvido para sua empresa. Analise a clareza das informações, se tudo está ali descrito e até se seu empreendimento está pronto para enfrentar o mercado.

Sendo assim, revise cada ponto antes de colocá-lo em prática. Na verdade, essa análise deve ser periódica, a fim de adaptar sua atuação conforme a evolução do cenário.

10. Faça o sumário executivo

Embora esta seja a primeira parte do seu plano de negócios, é a etapa final do seu desenvolvimento. Isso porque, como o próprio nome já diz, sumariza o empreendimento e seu diferencial no mercado.

Também, missão, valores, perfil, produtos ou serviços, possíveis clientes e fornecedores, localização, rede de distribuição, investimento, informações jurídicas e tributárias. Enfim, todo o resumo do seu negócio deve ser colocado no sumário executivo.

Ferramentas para criar plano de negócios

Você sabia que há ferramentas que ajudam a desenvolver o seu plano de negócios? O Sebrae Canvas, por exemplo, é um aplicativo que serve de modelo para a elaboração do documento.

Outro recurso bastante interessante é o Make Money, que até analisa a viabilidade do seu negócio, além do Smart Business Plan, que funciona no navegador e salva dados em nuvem. Por fim, o Luz, que funciona em uma simples planilha de Excel.

Além destes, você pode contar com outros recursos, tais como:

  • Análise SWOT;
  • 5 Forças de Porter;
  • Cadeia de Valor;
  • Metas SMART;
  • Plano de Ação 5W2H.

Importância do plano de negócios para sua empresa

Agora que você aprendeu 10 passos para fazer o plano de negócios da sua empresa, reconhece a importância deste documento para o sucesso do empreendimento. Como todo mundo sabe, empreender é sempre um risco e exige criatividade por parte da pessoa empreendedora. Mas, demanda planejamento, preparo e estrutura para enfrentar as adversidades.

Aproveite e veja sobre empreendedorismo feminino, com o que está em alta e como empreender online!

O plano de negócios, então, orienta o empreendedor ou empreendedora na sua trajetória, sem que precise caminhar à deriva. O planejamento, enfim, permite que a pessoa esteja sempre preparada e elabore as melhores estratégias para alcançar seus objetivos.

Categorias

Artigo popular

  • All Post
  • 10 MELHORES ARTIGOS
  • Economia
  • Franquias
  • Gestão
  • Marketing
  • Negócios
  • Notícias
  • Others
  • Seguros
  • Startups
  • Tecnologia
  • Turismo
    •   Back
    • Empreendedorismo
    • Abrir uma empresa
    • Plano de negócios
    • Contabilidade/Finanças
    •   Back
    • Alguns releases que receber
    • notícias empresariais
    •   Back
    • Financiamentos
    • Empréstimos
    • Cripto
    •   Back
    • Ideias de Negócios
    • Negócios online/Ganhar dinheiro na internet
    • Franquias
    • MEI
    • Pequenas Empresas
    • Dicas