negociosemfoco.com

negociosemfoco.com | 9 tendências do e-commerce em 2024

9 tendências do e-commerce em 2024

9 tendências do e-commerce em 2024

Tendências do e-commerce / Imagem de Headway no Unsplash

As pessoas que possuem um negócio na internet precisam ficar ligados nas tendências do e-commerce em 2024. Por isso, vamos separar alguns itens para que você consiga implementar na sua empresa.

A evolução da tecnologia tem influenciado cada vez mais a vida dos empreendedores digitais. Com a chegada de 2024, é normal que algumas tendências sejam lançadas. E, se você tiver um negócio na internet, não pode deixar de conhecer as tendências do e-commerce.

Nos últimos anos, temos visto um crescimento neste segmento. Para termos uma ideia, as perspectivas é um aumento de até 56% no e-commerce no Brasil até final de 2024. De acordo com informações da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (Abcomm), o e-commerce deve faturar até R$ 205,11 bilhões em 2024.

A constante inovação tecnológica no e-commerce, incluindo inteligência artificial, realidade aumentada, automação e análise de dados, cria diversas oportunidades para melhorar a experiência do cliente e impulsionar o crescimento do setor. Mas você conhece tudo o que pode implementar na sua loja virtual em 2024? Falaremos um pouco sobre este assunto neste artigo.

Descubra algumas tendências do e-commerce em 2024

O crescimento contínuo do e-commerce, principalmente, no Brasil é impulsionado pela conveniência, acessibilidade e inovação tecnológica que este tipo de negócio proporciona na vida das pessoas, tornando-o uma parte integral da economia global.

Afinal de contas, o e-commerce permite que empresas alcancem clientes em todo o mundo sem a necessidade de estabelecer uma presença física em cada localidade, gerando boas oportunidades de negócios virtuais lucrativos. Isso abre oportunidades para o crescimento de empresas com diferentes segmentos, aumentando a concorrência no mercado.

Por esta razão, é importante ficar alinhado com as tendências do e-commerce para 2024.

1. Integração de Inteligência Artificial (IA) e Machine Learning (ML)

O uso de IA e ML continuará a se expandir no e-commerce, permitindo uma personalização ainda mais avançada da experiência do cliente. Isso inclui sistemas de recomendação mais sofisticados, chatbots para atendimento ao cliente e análises preditivas para otimização de preços e estoques.

2. Expansão do comércio via as redes sociais

O comércio integrado às redes sociais continuará a crescer, com mais plataformas oferecendo recursos de compra diretamente em seus aplicativos. Isso inclui o uso de “shoppable posts”, onde os usuários podem comprar produtos sem sair da plataforma social.

3. Consumidores esperam ter uma boa experiência na plataforma

Outro item que faz parte das tendências do e-commerce é a experiência que o consumidor terá na sua plataforma.

Investir neste assunto é essencial para construir e manter um negócio de e-commerce bem-sucedido. Fornecer uma experiência positiva pode resultar em clientes satisfeitos, recompra e recomendações boca a boca, que são fundamentais para o crescimento e sucesso a longo prazo.

Então, invista em uma plataforma que tenha uma boa navegação em diversos dispositivos e ainda seja de rápido carregamento. Lembre-se que a maioria das pessoas usa o smartphone para fazer compras na internet.

Além disso, as fotos dos produtos devem ser claras e detalhadas, permitindo que os clientes visualizem os itens de todos os ângulos. As descrições dos produtos também devem ser informativas e precisas.

4. Entrega e logística mais rápidas e eficientes são tendências do e-commerce

Quem nunca comprou online e ficou contando os dias para receber a sua mercadoria, não é mesmo? Por isso, os usuários possuem cada vez mais uma expectativa de entregas rápidas e convenientes.

O ideal é o empreendedor digital investir em infraestrutura e logística avançada, incluindo parcerias com empresas de entrega ou até mesmo a inserção da sua loja em um marketplace que já oferece este tipo de entrega ágil como, por exemplo, o Mercado Livre, que ganhou muito espaço nos últimos anos por realizar entrega no mesmo dia.

5. Diversificação na forma de pagamento

Oferecer diferentes opções de pagamento em um e-commerce é essencial para atender às preferências dos consumidores e maximizar as taxas de conversão. Portanto, opte, além dos básicos, como cartão de crédito, débito e boleto bancário, por outras formas como, por exemplo, PIX e carteiras digitais (PayPal, Apple Pay, Google Pay e Samsung Pay). Ah! Não esqueça do pagamento parcelado.

Além disso, as criptomoedas estão se tornando uma opção de pagamento cada vez mais popular. Aceitar criptomoedas como Bitcoin, Ethereum e Litecoin pode atrair um segmento específico de consumidores interessados nessa forma de pagamento.

Ao diversificar as opções de pagamento em um e-commerce, é importante garantir que o processo de checkout seja intuitivo e que os consumidores tenham todas as informações necessárias para fazer escolhas informadas. Isso pode ajudar a reduzir o abandono do carrinho de compras e aumentar as taxas de conversão, proporcionando uma experiência de compra positiva para os clientes.

6. Sustentabilidade e preocupações éticas

A conscientização ambiental e social continuará a influenciar as decisões de compra dos consumidores. As empresas de e-commerce que adotarem práticas sustentáveis e transparentes em relação ao fornecimento de produtos e operações terão uma vantagem competitiva.

7. Ofereça segurança aos seus consumidores

O Brasil é um dos países que mais sofrem com ataques hackers e vazamento de dados. Por isso, algumas pessoas ficam com medo de comprar na internet. Então, claro, que uma das tendências do e-commerce em 2024 seria relacionado a segurança.

Investir neste assunto e adotar práticas recomendadas de proteção de dados é essencial para suavizar riscos e proteger a reputação de um negócio de e-commerce.

Ter um certificado SSL, por exemplo, que criptografa as informações transmitidas entre o navegador do cliente e o servidor web, protegendo os dados confidenciais, como informações de pagamento e detalhes pessoais pode ser um ótimo investimento para transmitir segurança aos seus clientes.

Não se esqueça de manter uma comunicação transparente com os clientes sobre as medidas de segurança adotadas e como suas informações serão protegidas pode ajudar a construir confiança e fidelidade com a marca.

8. Aposte em Retail media

Já ouviu falar de Retail media? Ela refere-se às estratégias de publicidade digital adotadas por varejistas digitais para monetizar sua plataforma e, com isso, capitalizar sobre o tráfego e o comportamento de compra dos consumidores. Geralmente, isso envolve a venda de espaço publicitário dentro do site do varejista para outras marcas e anunciantes que estão interessados em alcançar o público-alvo daquela loja online.

Essa prática pode resultar em benefícios tanto para os varejistas, na forma de aumento de receita, quanto para os anunciantes, quando olhamos o aumento da visibilidade e de vendas.

Com a crescente da popularidade do Retail Media, os varejistas digitais estão competindo diretamente com outras plataformas de publicidade online como, por exemplo, Google Ads e Facebook Ads. Já que as marcas deixam de investir em grandes plataformas para gastar o dinheiro em uma loja mais segmentada.

9. Clubes de assinatura também viram tendências do e-commerce

Os clubes de assinatura no e-commerce oferecem benefícios tanto para os consumidores quanto para os varejistas. Para os consumidores, eles oferecem conveniência, economia de tempo e a oportunidade de descobrir novos produtos. Para os varejistas, os clubes de assinatura proporcionam receita recorrente, fidelidade do cliente e previsibilidade de demanda.

No entanto, é importante garantir que os produtos ou serviços oferecidos atendam às necessidades e preferências dos clientes e que a experiência de assinatura seja fácil e satisfatória.

Esta decisão pode gerar uma conversão recorrente na sua plataforma, aumentando ainda mais a possibilidade de aumento do ticket médio e faturamento mensal do seu e-commerce.

O que você achou destas tendências do e-commerce em 2024? Deixe a sua opinião nos comentários.

Categorias

Artigo popular

  • All Post
  • 10 MELHORES ARTIGOS
  • Economia
  • Franquias
  • Gestão
  • Marketing
  • Negócios
  • Notícias
  • Others
  • Seguros
  • Startups
  • Tecnologia
  • Turismo
    •   Back
    • Empreendedorismo
    • Abrir uma empresa
    • Plano de negócios
    • Contabilidade/Finanças
    •   Back
    • Alguns releases que receber
    • notícias empresariais
    •   Back
    • Financiamentos
    • Empréstimos
    • Cripto
    •   Back
    • Ideias de Negócios
    • Negócios online/Ganhar dinheiro na internet
    • Franquias
    • MEI
    • Pequenas Empresas
    • Dicas